A luz do mundo

Vários dos que leem estas linhas já ouviram muitas vezes dizer-se que todo católico deve ser a luz do mundo: “Vós sois a luz do mundo” (Mt 5, 14a). Mas temos razões para crer que poucos ouviram uma explicação simples, clara e objetiva do que é ser a luz do mundo. Ora, é precisamente essa explicação que nos oferece o Mons. João Clá Dias, EP, Fundador dos Arautos do Evangelho, e que transcrevemos a seguir. Continue reading A luz do mundo

O que vale ir à Missa

Às vezes a ida a Missa no Domingo torna-se uma rotina. E rotina “desgastada” porque nos esquecemos seu valor, as graças que Deus dá a quem participa devotamente do Santo Sacrifício, renovação da morte de Jesus. As considerações a seguir são de São Vicente Ferrer (*) e podem nos ajudar a vermos a Missa com outros olhos.

Continue reading O que vale ir à Missa

O que levaremos para a eternidade

No princípio, Deus criou os Céus e a Terra” (Gn 1, 1). Os dois primeiros capítulos do Gênesis nos descrevem com luxo de detalhes o paternal esmero com o qual o Criador procedeu ao realizar sua obra, num prodígio de bondade e de perfeição, que é manifestação de sua sabedoria infinita: “Quão variadas são as vossas obras! Feitas, todas, com sabedoria” (Sl 103, 24).

Continue reading O que levaremos para a eternidade

Maravilhoso vestígio de Deus

O caro leitor já se deu conta que entre as “Sete maravilhas naturais do mundo”, duas estão no Brasil? São: a Bacia Amazônica e as Cataratas do Iguaçu. E entre as sete maravilhas feitas por mãos humanas está o Cristo Redentor no Corcovado.

Fala muito à alma do fiel católico que uma delas seja o Cristo Redentor, no Corcovado. Nessa representação do Divino Salvador temos uma imagem material. Porém, em outra maravilha — as Cataratas do Iguaçu — temos uma imagem que remete a alma a extasiar-se com o Criador. Continue reading Maravilhoso vestígio de Deus

Mas não abriu a carta…

O que se poderia pensar de alguém (chamemo-lo de “X”) que tomasse a seguinte atitude:

O carteiro toca a campainha e entrega uma carta dirigida a X. Ele olha o remetente e vê que é da mais alta autoridade do país em que vive. Aliás, é seu próprio pai, cujo lar X havia abandonado e, por isso está passando por grandes privações.

A carta bem pode ser a solução para sua difícil situação. Nesse caso ele bem pode esperar que seja uma solução eficaz, uma vez que é dada pelo pai. Mas X não abre a carta…

Continue reading Mas não abriu a carta…

Troca de olhares

Viver é estar juntos, olhar-se e querer-se bem”, assim definia a vida a ilustre dama paulista Lucilia Corrêa de Oliveira.

Contemplando a ilustração que abre este post podemos ver o que faz a felicidade da Mãe e do Filho — ambos com maiúscula pois se trata do Menino Jesus e de sua Mãe Santíssima. Pode-se dizer que é uma prefigura da bem aventurança eterna, durante a qual contemplaremos a Deus face a face… desde que cumpramos a condição de merecer tal felicidade: sermos fiéis aos mandamentos no nosso dia a dia.

Continue reading Troca de olhares

Certeza absoluta

Quem não gostaria, por exemplo, de prestar vestibular já com a certeza de que vai ser aprovado? Ou de que o bilhete de loteria que comprou é precisamente o que vai ganhar o primeiro prêmio (de alguns milhões)?

Pois bem, o que vai indicado a seguir garante essa certeza a propósito de algo muito mais decisivo que o vestibular e mais valioso do que o primeiro prêmio da loteria.

Continue reading Certeza absoluta

O homem que não vendeu sua alma

E quanto ele quer para ficar do nosso lado?

Poupo ao leitor de saber a circunstância e o preço com que alguém (chamemo-lo assim…) se vendia para algo pouco louvável.

Não me viam, nem ouviam. Pude, portanto, pensar no que tudo aquilo significava.

Continue reading O homem que não vendeu sua alma

Vendo a Deus num espelho

Num pequeno povoado do litoral da França havia uma família inteiramente entregue às ideias e costumes da época cética e frívola que antecedeu a tormentosa Revolução Francesa.

Continue reading Vendo a Deus num espelho

Tua fé te salvou

O geral das pessoas crê que Jesus é todopoderoso, bom e fiel às Suas promessas; mas não sabem aplicar essa certeza às suas necessidades. Não são dominadas pela convicção de que Deus, atento às suas provações, com paternal afeto se volta para elas a fim de socorrêlas.

Continue reading Tua fé te salvou