Santa Clara

Os Arautos do Evangelho em Ponta Grossa foram convidados pelos coordenadores da Capela de Santa Clara para a comemoração da Padroeira que coincidia com o Dia dos Pais.

Procissão na comunidade Santa Clara

Uma comunidade nova, de pessoas laboriosas, fervorosas e simpáticas foi o que encontramos neste bairro que tem um presente difícil e, com a ajuda de Deus, um futuro promissor.

Quem foi Santa Clara

De família nobre e rica, Clara era dotada de grande beleza. Desde cedo mostrou-se protetora dos menos favorecidos. A fortuna da família veio em socorro dos necessitados, beneficiando assim a ambos: os pobres por receberem os auxílios de suas mãos; a família, em poder assim dar um louvável destino aos seus bens.

Capela provisória de Santa Clara

A família pretendia arranjar-lhe um casamento vantajoso, mas Clara aos dezoito anos abandonou o lar para seguir o exemplo de São Francisco. Sob inspiração do Santo fundou o ramo feminino da Ordem Franciscana: as Clarissas.

Encarregavam-se as religiosas de obter esmolas — muitas vezes de grande valor — para socorrer os necessitados. Tinham bem presente a necessidade de sua missão, pois o próprio Jesus dissera “pobres, vós sempre o tereis” (Mt 26,11).

Diácono Paulo Sérgio, EP, na celebração da palavra
* * *

A comunidade de Santa Clara escolheu uma boa Padroeira, pois, sendo muito recente e carente de recursos, necessita o socorro daquela que, a exemplo de Jesus, “passou a vida a fazer o bem”

Sendo Dia dos Pais, após a procissão com os Arautos do Evangelho, houve a celebração da palavra pelo Diácono Paulo Sérgio, EP, seguida de distribuição de lembranças aos pais.

Entrega de lembranças aos pais
IZONETE BUENO

Salve Maria ! Muito lindo ! Arautos do Evangelho evangelizando com beleza em todos os momentos , em todos os lugares . Arautos levando alegria , entusiasmo , animo e os ensinamentos e as doutrinas de Jesus e Maria sempre !