Enquete: pavão ou cisne?

Colocamos aqui uma questão que talvez não seja tão simples resolver. Qual dos dois você acha mais bonito: o pavão ou o cisne?

À guisa de elementos, aqui vão algumas considerações sobre cada um deles.

O pavão

Sua cauda parece um manto de rainha: esplendoroso e bem cortado; a combinação do verde com o azul — das mais difíceis de se conseguir — no furta-cor de suas penas é realmente soberba; seu modo de mover-se é calmo e até solene. Curiosamente a longa cauda não toca no chão.

Com a cauda aberta, é para muitos um espetáculo inesquecível: dá a impressão de uma exposição de joias faiscando ao sol…

O cisne

Ao contrário da feeria de cores do pavão, o cisne tem uma só cor. Simples, todo branco (ou mais raramente negro). Ao deslizar sobre a água não se percebe o menor esforço e esta parece contente em refleti-lo. Passeia sobre a massa líquida contemplando-se nela.

* * *

Ambos — pavão e cisne — de uma beleza tão fora do comum, parecem nos transportar para realidades mais altas das quais são um reflexo.

“Olhai os lírios do campo; nem Salomão em toda sua glória vestiu-se como ele”. Esta frase de Jesus poderíamos aplicar tanto ao pavão quanto ao cisne. Que rei teve a elegância do cisne ou o esplendor do pavão?

Vê-se que ambos refletem algo de superior a nós homens. Espelhos de perfeições que Deus Criador quis por nestes simples animais. A nós, porem, deu uma alma imortal, deu-nos a luz da razão capaz de admirarmos, analisarmos e… escolhermos: qual dos dois lhe parece mais belo?

Maurílio Fiuza

É mesmo uma escolha difícil. Essas duas belíssimas criaturas refletem aspectos diferentes, mas inteiramente harmônicos, do Criador – o cisne, a elegância, o pavão, o esplendor, ambos a majestade. Escolho os dois!

Andrey Santos

Muito interessante! São animais de insigne beleza! Deus ao cria-los em sua Infinita Sabedoria certamente tinha a intenção de transmitir algo de sua Majestade aos homens. Um espetáculo!