As cores das almas

Santa Bernadette Soubirous

O leitor já pensou em meditar sobre as cores de uma forma diferente? Pois é ao que o convido, propondo-lhe um desafio: se pudéssemos ver a alma de um Santo, qual seria a sua cor? Não fiquemos apenas na teoria e voltemos nossa atenção a exemplos concretos.

Comecemos pela vidente de Lourdes, Santa Bernadette Soubirous. A humilde camponesinha, filha de um moleiro dos Pireneus franceses, com inteligência comum e saúde muito débil, foi escolhida pela Santíssima Virgem para ser uma verdadeira heroína no testemunho de suas visões. Bem poderíamos comparar sua alma a um vermelho carmesim, simbolizando sua força de vontade, decidida a propagar incondicionalmente a mensagem de Nossa Senhora, apesar de todos os revezes sofridos. As ingratidões, maus-tratos e perseguições de que foi alvo ao longo de sua curta vida serviram-lhe como elementos de santificação, e acrescentaram a este vermelho carmesim de sua alma o esplendor áureo da luta. Infatigável combatente nesta terra, só na eternidade conheceu a vitória.

Outra alma digna de nossa atenção poderia ser a de…. (Continue lendo)