Silencioso, doce e amável, Jesus, em sua imagem de Crucificado, ainda hoje é réu de julgamento.

Durante os últimos anos a presença do Crucifixo em locais públicos tem sido objeto de julgamentos, entre outros no Tribunal Europeu de Direitos Humanos. Razão: a presença da imagem de nosso Criador e Redentor incomoda aqueles que veem em Jesus o convite a abandonarem os vícios e voltarem à virtude.Leia mais