Sua Santidade inicia seu pontificado recorrendo a proteção de Maria Santíssima

O Papa Francisco, eleito nesta quarta-feira, dia 13, como o novo pontífice da Igreja Católica, em sua primeira saída oficial do Vaticano, visitou na manhã desta quinta-feira,14, a Igreja de Santa Maria Maggiore, no Centro de Roma, ofereceu flores, em gesto de veneração e agradecimento à Santíssima Virgem.

Papa Francisco, oferece flores a Nossa Senhora.

O argentino Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, já havia anunciado que iria até a Igreja no dia seguinte da eleição durante o seu primeiro discurso aos fiéis na Praça São Pedro. Ele chegou ao local por volta das 8h e ficou lá por quase 30 minutos em um carro normal ao descartar o veículo oficial do Vaticano. Neste período, ele realizou uma oração na capela que guarda uma imagem de Nossa Senhora, além disso, ele também conversou com padres e os de mais funcionários da Igreja.

“Foi algo muito emocionante, fantástica, inesquecível. A bondade e a paternidade que se veem no novo Santo Padre são enormes. É preciso se encontrar com ele para entender”, disse o padre Ludovico Melo.

“O Santo Padre chegou à Basílica, rezouem frente a Maria. Depoisnos saudou, cumprimentou todos individualmente, falou algumas palavras com cada um. Falou com todos como um pai aos filhos, com muita humildade”, comentou o padre. “Não foi um encontro com um Papa, mas sim com um padre. Ele é muito simples, humilde. Esperamos dele o ânimo franciscano, com toda a simplicidade e humildade.”

Depois de cumprimentar os padres, o Papa rezou diante do altar, mesmo local onde Santo Inácio realizou a primeira missa da basílica. Após isso, ele também saudou seus predecessores, rezando em frente ao túmulo no túmulo de São Pio V.

Uma vez mencionado Bento XVI, o papa Francisco disse que poderá atender a alguns dos pedidos de seu antecessor, como promover as mudanças iniciadas por ele na tentativa de sanar as suspeitas e divisões existentes na Igreja, por exemplo.